Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

HISTORIAR N

«Para suportar a sua própria história, cada um acrescenta-lhe um pouco de lenda.» Marcel Jouhandeau

HISTORIAR N

«Para suportar a sua própria história, cada um acrescenta-lhe um pouco de lenda.» Marcel Jouhandeau

Um Novo Embuste ? Não obrigado,

 

BOICOTE TOTAL A QUALQUER NOVO CONCURSO PARA PROFESSOR TITULAR!
 
Um novo concurso para “ professores titulares “? Isso é que era bom!`
É preciso que, em primeiro lugar, fique bem claro para todos que não se encontra previsto ou agendado qualquer novo concurso para "professor titular", como tanto por aí se fala. A aplicação informática disponível na página do ministério náo passa de mais um "isco", um pequeno capítulo de uma nova Farsa Ministerial, em fase de ensaio,  que desta vez assume a forma de uma espécie de lista de pré-adesão, a uma nova e bem mais alargada e  generosa "corrida de ratos".
"Os prémios" não são conhecidos. Nem sequer a marca do queijo. Mas alegrem-se! De repente, quase todos cumprem os critérios para competir nesta "prova virtual", que para quem não é cego apenas tem como objectivo aferir se, entretanto, o tempo e o  cansaço introduziram brechas na unidade, na acção e nos princípios que orientaram a nossa luta.
Os tolos do costume chamar-lhe-ão uma "isca", mas a maioria de nós sabe que se trata de mais um presente envenenado. Mais outra malandrice, de quem já não sabe bem o que fazer, para justificar a função e o ordenado. 
Dividir-nos é agora a palavra de ordem, porque nem mesmo o nosso  pequeno émulo de Salazar sobreviveria, nesta nova conjuntura, à repetição do nosso protesto nas escolas e nas ruas do país. 
Rejeita o queijo de má qualidade que te querem oferecer. Ele acabará por te envenenar.
Com quotas ou sem elas não nos deixaremos dividir!
Não cedas à tentação e mantém-te firme nas tuas convicções.
Nenhum prato de lentilhas conseguirá comprar a nossa luta, a nossa dignidade e a nossa razão…
Os tiranetes de ontem são os tiranetes de hoje. Não nos enganarão outra vez! Com ou sem delicadezas...
Pela denúncia de qualquer manobra que vise perpetuar as malandragens e as injustiças já cometidas sobre a escola pública e sobre toda uma classe profissional!
Pela defesa de uma Escola Pública de qualidade!
Pela suspensão imediata deste rísivel modelo de avaliação!
Pela revogação do actual estatuto da carreira docente!
Pela valorização e dignificação da nossa carreira!
E se pensam que as coisas se resolvem com a simples substituição de pessoas...os pobres indigitados vão meter-se em "Novas Aventuras".